Escrito por:

Jéssica Hilgert

Sommelière, estudante de filosofia e colunista da Casa Tertúlia

2021-01-12 16:18:09

Tags: cabernet-sauvignon-2018,isabel-2018,vinho-fino-seco-merlot-2018,

Coq-au-vin: conhece esse clássico francês?

Cortes de frango, legumes, cogumelos e vinho: quatro ingredientes principais para fazer essa receita confortável e deliciosa.

Transformar um simples frango em um banquete não é tão complicado, se contarmos com uma ajudinha dos franceses. Essa receita é um clássico da culinária e tem um ingrediente especial: o vinho. Coq em francês significa “galo”, enquanto au vin quer dizer “ao vinho”. Já deu para imaginar o que está por vir? A não esquecer dos cogumelos Paris frescos, legumes variados e do famoso bouquet garni

Vamos à preparação. Ela requer um pouco de tempo e dedicação, mas o resultado final faz valer muito a pena.

  • Marinada de frango em nosso Cabernet Sauvignon, Merlot ou até mesmo o vinho Isabel: cubra os pedaços de frango com o vinho, adicione 4 cenouras e 1 cebola picadas, 3 dentes de alho, 1 colher de sopa de pimenta inteira, 5 cravos da Índia, 1 folha de louro e um Bouquet Garni (explicamos abaixo). Deixe repousar de um dia para o outro. Dica: coloque as pimentas e os cravos dentro de um difusor de chá ou saquinho culinário para facilitar a retirada depois.
  • Bouquet Garni: trata-se de uma trouxinha de temperos amarrados por um fio que permite passar o sabor ao prato sem se perder lá dentro. No nosso foi: folhas de alho-poró, tomilho e salsinha.

Após o frango e os legumes terem marinado, retire os cortes e seque-os levemente colocando em uma travessa. Salgue e adicione pimenta dos dois lados e deixe aguardar por 5-10 min. Aqueça uma panela de ferro com um pouco de óleo vegetal para elevar a temperatura, e antes de pôr o frango adicione manteiga. Doure o frango e retire.

Na panela, adicione o bacon picado em tiras e deixe dourar. Acrescente os legumes da marinada, coando a cenoura e a cebola e reservando o vinho. Acrescente manteiga conforme necessário para dourar. Coloque 2 ou 3 colheres de farinha e misture. Em seguida acrescente o vinho da marinada.

Deixe cozinhar por 30-60 minutos, dependendo dos cortes escolhidos e do tipo de frango, mexendo de tempos em tempos para não grudar.

  • Base de cogumelos: 15 minutos antes de finalizar, coloque manteiga generosamente em uma frigideira, adicionando cebolas (idealmente mini-cebolas, mas também pode ser a normal picada), aguarde um pouco e acrescente os cogumelos picados. Quando tudo tiver dourado, adicione a mistura à panela de Coq au vin.

Agora é só aguardar e servir com purê de batatas, polenta ou mesmo uma baguete ao estilo francês.

E, claro, harmonize com o vinho! 

« »
Escrito por:

Viviane M. M. Hilgert

Enóloga da Casa Tertúlia

2020-10-29 07:17:37

Tags: autenticidade,autênticos,cabernet-sauvignon-2018,canernet sauvignon,Carvalho,merlot,moscato,moscato de alexandria,moscato-2019,personalidade,pureza,terroir,tipicidade,vinho-fino-seco-merlot-2018,vinhos,vinhos autênticos,vinhos com personalidade,vinhos puristas,vinhos únicos,

Vinhos Autênticos

A tipicidade e o terroir são atributos venerados entre apreciadores de vinhos, principalmente os que procuram explorar suas diferentes características e peculiaridades. Em busca dessas propriedades marcantes e genuínas é que selecionamos a forma de desenvolver nossos vinhos, utilizando técnicas que possam trazer o terroir mais natural de cada variedade de uva.

A linha de vinhos autênticos da Casa Tertúlia preza pela expressão das características próprias das uvas de que são feitos cada vinho.

Uvas sadias, com maturação completa, rigoroso sistema de higienização, fermentação de uva com temperatura controlada, manejo correto e acondicionamento adequado dos vinhos, são fatores essenciais para a transformação da uva em um vinho que revela toda sua origem e sua história, sem interferências externas. Em especial, esses vinhos não trazem elementos agregados da madeira, expressam o sabor oriundo da uva, sem intervenções. Tais vinhos são chamados de autênticos, e tem despertado cada vez mais o interesse dos amantes de vinhos de alta qualidade.

Barris de carvalho podem ser bons acompanhantes para certos vinhos, mas seu uso excessivo acaba por ocultar as notas originárias das uvas.

É por isso que a vinícola Casa Tertúlia privilegia uma linha de vinhos autênticos, no qual foi deliberadamente optado por não passar em barricas de carvalho aqueles vinhos que se destacam através de suas características próprias, evidenciando, sem ruídos, as castas que são elaborados.

Leia mais:

»